jusbrasil.com.br
20 de Agosto de 2019

Dicas para usar o Whatsapp na Advocacia

Saiba como conquistar mais clientes e ter um bom relacionamento usando a internet e os aplicativos a seu favor

Bruno Moré, Advogado
Publicado por Bruno Moré
há 4 meses

O Whatsapp é o aplicativo mais usado pelos brasileiros e você advogado pode usar isso ao seu favor pois é um meio que facilita e estreita muito a comunicação entre cliente e advogado, porém temos algumas condições que devemos levar em conta ao utilizar esse meio de contato com o cliente.

1 – Definir um horário para contato

Evite que o cliente se sinta ignorado, para isso é importante definir o horário de disponibilidade, ou seja, é bom fixar um horário de funcionamento de respostas para o cliente, criando um padrão de conduta com prazo máximo de respostas! Isso pode ser acordado quando houver a contratação dos serviços, inclusive pode ser oferecido como um bônus ao contratante. Claro que tudo é uma questão de bom senso, para que o cliente não entre em contato 24 horas por dia para que pergunte apenas como está o andamento de seu processo, porém se for uma questão urgente o advogado deve atender prontamente, demonstrando atenção ao problema do cliente.

2 - Atue nos limites do Código de Ética e do Estatuto da OAB

O Código de Ética da OAB estabelece alguns limites que o advogado deve seguir no uso dos mecanismos de publicidade e contatos com os clientes, vedando a prestação de serviços ou mesmo de assessoria por qualquer meio de comunicação, sem que haja a devida cobrança. Assim, é recomendável que conste no contrato de honorários que a utilização do Whatsapp para consultas e para realização de assessoria jurídica será cobrada conforme contratado.

Evite o envio de qualquer forma de propaganda sobre os seus serviços, especialmente para quem não faz parte da sua lista de contatos, pois isso é infração ética, pois fere o art. 31, § 2º do Código de Ética, e o advogado estará sujeito as penalidades impostas pelo Código e pelo Estatuto.

3 – Defina um limite de contatos

O advogado deve preocupar-se em não trabalhar de graça, respondendo por diversas vezes o cliente durante todo o dia sem receber a mais por isso. Deve haver um cuidado para o cliente não confundir o WhatsApp com um canal de consulta gratuita, onde ele faz perguntas sobre temas diversos daquele que você foi contratado. O whatsapp deve ser usado com moderação e regras, onde advogado e cliente apenas facilitem o contato de forma ágil, evitando despender tempo e deslocamento até o escritório, mas tudo dentro do limite pactuado no contrato. No contrato pode-se estipular a quantidade de vezes em que o advogado pode ser contatado sem custos adicionais, e que se for necessário mais contatos o cliente será cobrado por isso.

4 - Dicas Extras

  • Estabelecer regras e limites de quantidade e horários de contato, para os clientes para manter um relacionamento saudável;
  • Usar o Whatsapp com moderação e tentar humanizar o atendimento o máximo possível;
  • Fixar as conversas mais urgentes no topo e deixar marcado como não lida até responder;
  • Desativar a opção visto por último, pois o cliente pode sentir-se ignorado se ver que você entrou no aplicativo após ele ter lhe enviado uma mensagem;

A internet e os aplicativos deixam o dia a dia mais ágil, todavia devem ser utilizados com uma boa finalidade e com regras e moderação;

Escrito Por: Bruno Felipe Padilha Moré

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)